26 de abril de 2011

Era tão grande o silêncio

Por Ábia Costa


Era uma noite e sem estrelas

Algumas nuvens vagavam
Por aquele céu noturno
Era tão grande o silêncio
Que eu podia tocá-lo
E ouvir gritar meus pensamentos
E na janela aberta naquela madrugada
Sentia-me única e vazia
Mas eu não queria sentir
Queria estar mecanizada
Por um automatismo lógico
Queria entender a paixão que me guiava ao mito
Mas o que eu sentia era o vazio
Ao olhar aquele vazio céu
E tudo naquele momento
Levava-me a crer que aquilo
Era apenas um sonho
Um sonho de viver...

Nenhum comentário:

Leia também

Related Posts with Thumbnails