29 de novembro de 2010

Eu ainda tento entender, por Ábia Costa

E é tão difícil explicar este amor
Quando em cada momento tento o entender
Sinto apenas isso
Nem sei o que dizer
Sinto saudades
Saudade do teu cheiro
Tão único tão marcante
Do teu olhar, às vezes perdido
Às vezes penetrante, às vezes apaixonado (?)
Saudade do teu abraço
Pois em toda minha vida
Jamais encontrei abraço como teu
E em minha morte,
ah quem dera eu
poder morrer perdida em teus braços
afogada em teu abraço
vendo-te me olhar
de maneira tão simples, tão terna, tão tua
e assim morrerei feliz
ainda tentando entender a dimensão deste amor

Nenhum comentário:

Leia também

Related Posts with Thumbnails