28 de junho de 2010

Um domingo como outro qualquer, por Ábia Costa

27/06/2010


O já tradicional Arrastão do Pavulagem, acontece na Praça da República,
em Belém do Pará


Não sei quando ou como começou a tradição da família belenense de ir à Praça da República aos domingos pela manhã. O que sei, é que no domingo de manhã todas as tribos de Belém do Pará se reúnem na praça não somente por causa da feira de artesanato que acontece na mesma, mas também para assistir as mais variadas manifestações culturais, paraenses ou não.
Resolvi hoje ir à Praça da República, e foi uma experiência maravilhosa, confesso não ter o hábito de ir aos domingos. Ao chegar logo me deparei com um das muitas rodas de capoeira, e fiquei hipnotizada com os movimentos coreografados, ao som do biribal e das palmas da galera.
Depois de um tempo, chegou o tão esperado Arraial do Pavulagem com o seu já tradicional arrastão, seu batuque contagiante e seus chapéus de palha com fitas coloridas, trazendo consigo uma multidão de pessoas que dançava, ao som do boi de Belém, a multidão que os seguia se juntou a outra multidão que o aguardavam na praça e a festa completou-se música junina, tambores, bois, chapéus, gente de todas as idades dançando, uma manifestação cultural que uni gerações, classes sociais, cores, gente, a família belenense, turistas...
O Arraial do Pavulagem surgiu em 1987; com um grupo de músicos e compositores paraenses que tinham o intuito de valorizar e divulgar a música de raiz da região amazônica e uma aproximação do publico, assim se deu o início dos arrastões na Praça da República, no centro de Belém do Pará; utilizando-se de uma alegoria de um boizinho na tala para atrair o público para suas apresentações no anfiteatro Waldemar Henrique. Assim começava a tradição do “Arrastão do Pavulagem”. Hoje com CD’s gravados, e projetos que visam a valoração da cultura paraense/amazônica, e pesquisas sobre arte e cultura amazônida, o Arraial do Pavulagem é um dos maiores grupos de expressão artística e popular de Belém.
Minha experiência deste domingo foi inesquecível, não só pelo arrastão, mas também por poder ver, todas as culturas se encontrando ali na Praça da República, em uma grande festa no palco da vida.
Vamos domingo à Praça da República?


Arrastão do Pavulagem, acontece todos os domigos de junho,
e também durante o Círio de Nazaré em outubro.



O boi do Pavulagem


Momento de alegria, a dança dos chapéus





 












Um comentário:

Renato Hemesath disse...

Oi querida, como vai?

Nossa, nossa lendo teu post tentei pensar sobr eo entusiasmo dessas pessoas! Acho estas festas culturais tão tri, principalmente pelo ideal do grupo e a valorização de uma história e do 'estar juntos' em si.
Bom, aqui na capital de Sampa não há disso e deves pensar muitas vezes antes de envolver-se junto a multidões. ¬¬

Enfim, estava na Livraria esses dias e me lembrie de ti ao ver alguns trabalhos do Dostoyevsky. (é assim que escreve?)

Beijos

Obs: novo layout tá lindão!

Leia também

Related Posts with Thumbnails