3 de abril de 2010

Solidão, por Ábia Costa


Solidão, pelo dicionário Aurélio, significa “estado do que se encontra ou vive só, isolamento”, há também a solidão a dois que nada mais é do que o “estado de que duas pessoas embora vivam juntas, se sentem só por falta de entendimento ou comunicação de ambas ou de uma só parte”.

Eu acrescento mais um tipo de solidão: a solidão em que você, mesmo vivendo em um grupo social, de amigos, familiares, etc. ainda a sente.

Mas será que a solidão é tão ruim assim, que todos temos medo dela?

Quem nunca sentiu medo de não se casar e envelhecer sozinho?

Quem no momento de desespero queria estar com alguém?

Quero mostrar a você o lado negativo e o lado positivo da solidão – acredite, ele existe. Sei que é difícil ver algo positivo quando se está em seu quarto vazio na madrugada, querendo alguém para se trocar algumas palavras, não encontrando fica falando a si mesmo que um dia essa solidão vai acabar, mas também existem horas que tudo o que você quer é estar sozinho, vivendo o que você sempre sonhou sem a interferência de alguém.

A solidão é repleta de uma beleza que muitas vezes nos hipnotiza e ao mesmo tempo nos faz sofrer, convido você a comigo percorrer entre o fascínio e o temor que a solidão nos traz.



Encontrando a nós mesmos


Viver é nosso maior desafio, no presente século, onde todos estão querendo ser o melhor, ser reconhecido por seus feitos; as pessoas hoje em dia vivem mais para si mesmo do que para qualquer outra coisa, vivem numa correria frenética, tentando ser mais rápidas que o tempo, sempre buscando realizações pessoais, esquecem de sentar a beira do mar para ouvir o som de suas ondas, de sentarem para conversar, ate mesmo de abraçar.

Durante muito tempo vivi uma busca frenética por amigos, na verdade o que eu queria era desesperadamente fugir da solidão, mas ela continuava sendo a minha fiel companheira, podia rir com meus amigos, mas ela não ia embora, era persistente demais para eu resistir a ela.

Um dia uma amiga me disse uma frase que mudou a minha vida e a minha opinião sobre a solidão: “A conversa enriquece o conhecimento, mas a solidão é a escola do sábio”, não sei quem disse essa frase ou a escreveu só sei que desde que ela a citou para mim, vivo ela cada dia, assim eu consigo viver em paz com a solidão.

Comecei a refletir sobre se o que ela dizia era a verdade.

É na solidão que encontramos o nosso “eu”, é ela que nos ensina a dar mais atenção a nós mesmos, a escutar as nossas vozes interiores, e o principal é ela quem nos ajuda nas decisões difíceis que temos que enfrentar na caminhada de nossa vida.

A busca pelo nosso “eu”, pelo quem nós somos de verdade, começa com a solidão, discorre com ela e termina nela.

Quando eu descobri isso, vi que a solidão, não era a raiz do male da depressão e sim uma ajuda para sair dela.



Ábia Costa

Nenhum comentário:

Leia também

Related Posts with Thumbnails